Seguidores

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

BITTER TASTE




BITTER TASTE



Acordar é amargo
Num primeiro pensamento
divago
Sobre nosso amor
Destroçado...

Pisado, humilhado
destruído
em um só segundo
como explosão no universo
como eclosão no centro
do mundo...

Abrir os olhos
é a pior parte do dia
depois tudo vai virando poesia

até a sorte
de difamar
nossas noites de sexo
até o cheiro acre de enxofre
em nossos hálitos cálidos
agudo ardor
até mesmo o batimento lento
da agonia
de nossa morte.


MCRL/mcrl/05/11/2012
Código em Recanto das Letras : T 3970707

2 comentários:

Jaqueline Cristina disse...

Logo pensei no big ben,
imaginei os destroços, o vazio com uma enorme manta de poeira reminiscente.
Bjoks

Luciana Souza disse...

Oi Cristina
Muito legal o poema, parece eu acordando kkkkk, depois meu humor muda. Já estou te seguindo.
Bjos. Fique com Deus!
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/